Associação de Voo Livre Juazeiro do Norte – AVLJN

Poderíamos considerar que nossa associação foi fundada oficialmente em 02 de setembro de 2017 com a assinatura da ata da assembleia geral ou dependendo do ponto de vista em 28 de novembro de 2017, quando foi publicado o CNPJ da associação, mas já existia um grupo de pilotos e simpatizantes trabalhando pelo voo livre em nossa região.

Alguns fatos obrigaram uma maior organização do grupo, e o caminho escolhido foi a criação da associação de voo livre Juazeiro do Norte – AVLJN, que desde então, passou a gerenciar a regularização das áreas de voo e estimular a práticas que levem a um voo seguro.

Falando um pouco do voo livre na cidade de Juazeiro do Norte, em informações colhidas com o piloto e instrutor de voo livre Silvio Capibaribe, a historia de nossa rampa iniciou em janeiro de 1998 quando o piloto Expedito Bezerra saiu de Fortaleza para morar em Juazeiro do Norte, chegando a nossa cidade, conheceu o administrador do shopping cariri, Gerardo Andrade Filho que tinha interesse em aprender a voar.

Expedito Bezerra convidou Silvio Capibaribe para ir a Juazeiro do Norte em setembro de 1998 para formar a primeira turma de pilotos, chegando a cidade ele foi até o horto onde está a estatua do Padre Cícero e encontrou um local logo após uma curva, onde decolou de dentro do mato, até esse momento, ninguém nunca tinha voado de parapente na região.

A primeira turma de alunos, formou cinco pilotos, Gerardo com o seu filho Rafael sua esposa Gorete um policial e outro rapaz que não consegui localizar os nomes; Dessa turma quem ficou voando no horto foi Gerardo, Rafael e Expedito Bezerra.

Após 14 anos em 14/07/2012 apareceu o primeiro aluno de Juazeiro, Absalão Maia, vindo para Fortaleza fazer o curso com Silvio Capibaribe que indicou o local que ele deveria voar no horto e depois mais pilotos vieram de Juazeiro para Fortaleza para fazer o curso.
Os primeiros pilotos de parapente a voarem em Juazeiro do Norte: Silvio Capibaribe, Expedito Bezerra, Gerardo Andrade, Rafael Andrade e Gorete que voou posteriormente.

Também encontrei relatos e registro de voos na década de dois mil, como os registros de voos no youtube.com do piloto João Guy Almeida, com destaque para a 4ª Etapa Cearaventura, publicado em 28 de novembro de 2006, e também do Rally Mundial de Voo Livre – CearAr, que teve a sua etapa inicial em 03 de setembro de 2009 na cidade de Juazeiro do Norte, e segundo informações obtidas no site www.webventure.com.br onde foi publicado na matéria:

“As decolagens começaram às 14h30, da rampa do horto do Padre Cícero, e os vôos foram agraciados com ótimas térmicas.
Com elas, os pilotos conseguiram percorrer os 95 quilômetros no ar até o Aeroporto em Iguatu, onde pousaram.
O vitorioso do primeiro dia de provas foi o norte-americano Curt Warren, que precisou de 1h09min para cumprir com o percurso.”

Também gostaria de citar alguns pioneiros do voo na região, em minhas pesquisas encontrei o piloto Audeiso Rozendo que voou de asa delta na colina do horto, e com muito pioneirismo e coragem, praticamente aprendeu as técnicas necessárias para o voo, sozinho, isso em uma época em que o voo de asa delta ainda estava se consolidando no Brasil, e acredito eu, em faze embrionária no nordeste brasileiro; Algumas fotos do piloto você pode acessa aqui no nosso site na galeria de fotos, mas precisamente nesse link.

Outro grande pioneiro foi Absalão Maia, que foi o precursor do voo de paraglider ou como é mais conhecido em português, parapente, em nossa região, e também de forma solitária, voou por alguns anos.

Seu pioneirismo e determinação influenciou praticamente todos os pilotos que se juntaram para fundar a associação de voo local, e por anos foi o “professor” de toda turma, já que era o único com experiencia e conhecimento para pratica do voo aqui em Juazeiro do Norte – CE.

Alem dos voos na colina do horto em Juazeiro do Norte – CE, também temos registros de voos na cidade de Assaré, Jardim e Mauriti, cidades localizadas no sul do estado do Ceará.

Se você tem imagens ou conhece fatos relacionados ao início do voo aqui no sul do Ceará, por favor entre em contato com Wanderton clicando aqui nesse link.

Voltando a associação, gostaria de destacar o principal fato que desencadeou a fundação da AVLJN, a prisão de alguns pilotos pela polícia federal na data de 12 de outubro 2017.

Acho importante mencionar esse assunto em nosso site, por duas razões, primeiro que é consenso entre os pilotos que sempre se deve voar em área adequada para prática do voo livre, levando em consideração a segurança do próprio piloto e também de aeronaves que eventualmente possam voar nessa região, e segundo, pôr uma nota emitida pela CBVL em 20 de outubro 2017, recriminando o que eles chamaram de “prática ilegal do voo livre na cidade de Juazeiro do Norte – CE”.

Essa nota gerou uma repercussão muito grande em nossa região, primeiro porque em momento algum, houve por parte da CBVL, comunicação com pilotos da região para levantar os fatos e segundo por total falta de apoio ao grupo de pilotos que sofreu a ação da polícia federal, logo a CBVL que se intitula defensora do voo livre e dos seus pilotos.

A única ação da CBVL foi emitir uma nota de repúdio criticando os pilotos e acusando os mesmos de terem colocado em risco a navegação aérea.

A verdade a respeito desse fato da prisão foi que, no fim da tarde do dia 12/10/2017 alguns pilotos que voavam lift na colina do horto, foram encaminhados a delegacia onde aguardaram até tarde da noite pela delegada, que os acusou de terem colocado a aviação civil em risco, voando em área proibida próximo ao aeroporto da cidade de Juazeiro do Norte.

Houve uma comoção entre os praticantes e simpatizantes do voo livre que fizeram uma arrecadação de dinheiro para pagar fiança e pôr em liberdade os pilotos envolvidos, que mesmo soltos, continuaram a sofre processo judicial, alem de ter o voo proibido na colina do horto.

Por desconfiar que tal atitude sofrida pelos companheiros de voo era arbitrária, o Sr. Wanderton Vasconcelos começou a pesquisar todos os limites de aproximação e decolagem do aeroporto de Juazeiro do Norte, e logo constatou que a área de voo não estava colocando em risco a aviação, o que ficou provado posteriormente, por análise do departamento responsável da aeronáutica, que concedeu parecer favorável a confecção de NOTAM que liberou o voo livre na colina do horto.

Hoje temos alem da permissão de voo permanente emitida pela aeronáutica conforme SBR 203 AMDT 29-19 de 18/07/2019, também NOTAM temporário que na data desse artigo 14/06/2020, tinham a descrição: B0662/20, B0660/20, B0659/20 e B0657/20 que libera o voo de distância por quase 100 Km chegando aos limites do município de Saboeiro – CE, sertão de Inhamuns, sendo até a presente data a maior área de voo do estado do Ceará, e uma das maiores do Brasil.

Também gostaria de registrar meu sincero agradecimento ao Sr. Michel Krueger que me orientou nos estudos relacionados a cartas aeronáuticas e deu dicas preciosas que ajudaram a restaurar o voo em nosso sítio de voo.

A Associação de Voo Livre de Juazeiro do Norte – AVLJN, teve sua primeira diretória eleita por aclamação, já que o grupo de pilotos ainda era pequeno, ficando o seu quadro de diretores abaixo relacionado, com mandato de 03 (três) anos compreendendo o período de setembro de 2017 a setembro de 2020, convocada em assembleia geral ordinária, conforme artigo 29 da nossa assembleia geral.

1º. Diretoria da Associação de Voo Livre Juazeiro do Norte (2017 a 2020)

  • Presidente: Wanderton Carlos Vasconcelos Belém
  • Vice-presidente: Rodrigo Frinhani Peres
  • Diretor Secretário: Adalberto Cordeiro Campos
  • Diretor Técnico de Voo: José Alino da Silva Leite
  • Diretor Tesoureiro: Rafael Oliveira de Andrade Silva

E com esse breve relato da história do voo livre em Juazeiro do Norte e com o peito cheio de orgulho de participar de muitos desses fatos, que encerro esse texto, destacando a frase:

A história é absolutamente fundamental para um povo. Quem não sabe de onde vem, não sabe para onde vai.

Dom Bertrand de Orleans e Bragança

1 comentário em “Associação de Voo Livre Juazeiro do Norte – AVLJN”

  1. Helio Piloto de voo livre

    Tá show Wanderson parabéns! Muito bm elaborado textualizado e BM detalhado! Muito Boa e bela sua iniciativa e em fala pela Bom Acervo que tens da história do vôo livre daqui! Parabéns mesmo!

    Helio – piloto e sócio cm.muito Orgulho desta honrroso Grupo de Amigos!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima